Parceira pela preservação do Meio Ambiente

O LabRecicle BBS “O feio pode ser Belo” vem firmando parcerias com outros projetos com o propósito de diversificar ações e trabalhar para a sensibilização ambiental.  São estes:

Projeto “Escola de Portas Abertas”, programa do Governo do Estado do Pará, via Secretaria de Estada de Educação – SEDUC, que oferece minicursos e oficinas das mais variadas atividades na formação cidadã e profissional.

Dione, Rezerneide e Maria de Jesus realizam a Oficina de Livretos, parceria como o projeto “Escola de Portas Abertas”, realizado aos finais de semana.

Reaproveitando o papel usado para a montagem das páginas dos livretos.

Dione, graduanda de Pedagogia/UFPA, voluntária no LabRecicle BBS, auxilia a oficina para a construção de diversas peças de papel reciclado parceria com o projeto "Escola de Portas Abertas".

Projeto “Ciências em Ação”, Programa de Iniciação a Docência – PIBID, do Instituto Federal De Educação, Gestão e Tecnologia Do Pará – Campus Bragança- IFPA, que oferece o ensino de Física inovador com base na metodologia de experiências, palestras conceituais e resolução de exercícios extraclasse.

A graduanda do Curso Licenciatura em Física Camila Furtado, bolsista do PIBID/IFPA, auxilia o estudande do Ensino Médio Cássio Fernandes no LabRecicle BBS quanto a construção de um Braço Hidraúlico.

Projeto “Mais Educação”, proposta do Ministério da Educação – MEC, que oferece ao estudante tempo estendido de permanência na escola com oficinas nos mais diversas áreas do desenvolvimento humano, como a oficina de Letramento que utiliza as técnicas de reciclagem de papel para as atividades de leitura e construções textuais.

A monitora Maricilene, graduanda de Letras, realiza oficina de Letramento com estudantes da 5ª série/2010 com o uso de materiais reciclados no LabRecicle BBS.

FEIRA DE CIENCIAS REGIONAL – CAPANEMA/PA

Nos dias 18 a 20/05/2010, na cidade de Capanema -PA, o LabRecicle BBS “O Feio pode ser Belo” participou da  II Feira Regional de Ciência e Tecnologia do Nordeste Paraense – FEICITEC 2010. As alunas Taís Araujo e Fabiane Ribeiro assessoradas pela profª Maria de Jesus Queiroz estiveram a frente dos trabalhos expondo as atividades didáticas/pedagógicas do Laboratório e realizando oficinas com os visitantes. Vejam as fotos:

Fabiane Ribeiro, aluna volutária deste a 5ª série E. F. - 2005, atualmente estudante do Ensino Médio, explica com foi fabricado o papel reciclado.

Profª Maria de Jesus Queiroz fala aos visitantes sobre o objetivo do projeto "O Feio pode ser Belo".

Aluna voluntária Táis Araújo, desde a 6ª série E.F. 2006, explica com fazer um bloquinho usando papel reciclado.

A diretora profª Clara Matos esteve prestigiando o evento.

Segundo dia de exposição, as alunas Fabiane e Taís recebem alunos da escola municipal.

A profª Rezerneide Melo, ensina as crianças a fazer marca páginas (brindes da exposição).

Crianças concentradas na oficina de marca página.

Estudante da rede municipal faz anotações sobre a exposição.

Vale ressaltar que o projeto ganhou o Prêmio “Criatividade e Inovação” foi todo construído no LabRecicle BBS.

Prof. Denis de Brito e as alunas Greicy Pfeiff e Geisse Marques assessorados no LabRecicle BBS quanto a construção da maquete da Casa Sustentável.

Projeto "Casa Sustentável" - Premiado Categoria “Criatividade e Inovação” FEICITEC-2010.

LIXO, UM PROBLEMA QUE TEM SOLUÇÃO

Você pode ajudar muito o planeta sem precisar sair de sua casa. Pode começar a cuidar melhor do seu lixo e de seus familiares. Veja algumas dicas:
1-Tenha em casa, pelo menos, dois recipientes na cozinha para conter o lixo. Um destinado ao lixo orgânico: Resto de alimentos, resíduos da limpeza diária, resto de vegetais e outros. E um para o plástico, papel, lata, embalagem, garrafa e outros lixos secos;
2-Se for necessário descartar vidros inteiros ou quebrados, assim como agulhas e seringas, não se esqueça de identificar antes de levá-lo ao coletor público;
3-Não perca o dia de coleta para que não haja acúmulo de resíduos;
4-Descarte de roupas, sapatos, sandálias e outros oriundos do guardarroupa devem ser colocados em caixas de papelão identificadas e não misturá-los aos demais resíduos;
5-Papéis de banheiro, gordurosos e de asseio íntimo devem ser descartados juntos em embalagem separada. Não misture com as embalagens de sabonete, shampoo, creme dental e outros.
Se você conseguir fazer isso já estará ajudando muito aqueles que dependem do lixo para viver. Pense nisso! Boas ações!

PASSO A PASSO PARA FAZER O PAPEL MACHÊ

O material aqui postado mostra uma técnica do LabRecicle BBS de como fazer o papel reciclado.

1º PASSO: Selecione e separe o papel a ser reciclado (Ex. jornais, revistas e papel branco). Coloque de molho. Observando que o jornal e papel branco necessitam estar de molho 24h e, revistas e outros com aspecto de plastificação, no mínimo, 48h.

 2º PASSO:  Triturar o papel  com as mãos o máximo possível antes de levá-lo ao liquidificador.


3º PASSO:
  Bater o papel umedecido e triturado no liquidificador utilizando para cada porção de papel 8 medidas iguais de água.


4º PASSO: Despejar a polpa de papel e um recipiente e adicionar, caso necessário, mais água de modo que não fique “grossa” nem “rala”. Posteriormente adicione cola branca, sendo 200 ml para cada 8 litros de polpa dissolvida. Em seguida, misture bastante até que a cola esteja totalmente dissolvida. É muito importante que a cola branca esteja o máximo possível diluída.

5º PASSO: Pode ser opcional a coloração da polpa de papel, para isso, utilize concentrado de tinta para base d’água (Ex. xadrez, coral, etc.). Pode-se ainda, adicionar folhas secas, palhas, casca de cebola, alho, etc. Use a imaginação!


6º PASSO: Transferir a polpa de papel para as telas. Essa atividade pode ser feita de duas maneiras:

1ª – emergindo a tela no recipiente contendo a polpa e retirá-la de modo que a polpa escorra uniforme.

2ª – com a utilização de uma caneca despejar a polpa sobre a tela até que esta esteja completamente preenchida.

7º PASSO: Depois da tela bem escorrida deve se levada ao ar livre para a secagem ao sol.  Se preferir preservar o máximo da cor escolhida pode secar em um lugar coberto e bem ventilado (em condições normais leva um dia para secar).

8º PASSO: Depois de seca, providenciar a retirada da placa de papel reciclado. Corte as aparas e pronto você já tem material para trabalhar. Boas idéias.

BBS vai a praça

Esse ano a Escola Estadual Bolívar Bordallo da Silva inovou com a junção de três projetos educacionais Folclore,  Dia do Estudante e Semana da Saúde e Meio Ambiente que culminaram com uma grande manifestação na Praça Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. E, é claro que o Laboratório de Reciclagem não podia ficar de fora. E lá vamos nós  com 
mais uma exposição dos trabalhos realizados por alunos e professores. Confiram as fotos






2010 Ano Internacional da Biodiversidade

Com o propósito de aumentar a consciência sobre a importância da preservação da biodiversidade em todo o mundo, a Assembléia Geral da Nações Unidas declarou 2010 como o Ano Internacional da Biodiversidade.Foi estabelecida durante a realização de Cúpula da terra, no Rio de Janeiro, em 1992 – a ECO92 -, a Convenção sobre a Diversidade Biológica é depositária de um tratado internacional para a conservação e uso sustentável da biodiversidade, tema que está intimamente ligado à mudança do clima, discutido em dezembro na Cúpula de Copenhangue, na Dinamarca.”O Ano Internacional da Biodiversidade tem a importância de trazer à tona para o debate político e social a questão de nós, seres humanos, sermos co-responsáveis por tudo o que está acontecendo no planeta” – afirma Rubens Harry Born, Coordenador adjunto do Vitae Civilis , envolvido com as negociações internacionais de mudança de clima desde 1990.
PRATIQUE E DIVULGUE
Os objetivos do Ano Internacional da Biodiversidade, 2010, são:

*Aumentar a consciência pública sobre a importância de salvaguardar a biodiversidade para a continuidade da vida na Terra, identificando e combatendo as ameaças subjacentes;
*Aumentar a consciência sobre a importância dos esforços já empreendidos por governos e comunidades para salvar a biodiversidade, promovendo a participação de todos;
*Incentivar os povos, organizações e governo a tomarem medidas imediata, necessárias à defesa da perda da biodiversidade.
* Promover soluções inovadoras para reduzir as ameaças que se abatem sobre a biodiversidade;
* Estabelecer um diálogo entre os participantes sobre as medidas a serem adotadas após 2010, garantindo a continuidade segura dos programas desenvolvidos.

Medidas práticas como reciclar o lixo, reutilizar a água, melhorar a ventilação e a iluminação dos ambientes, reduzir o tempo de banho, evitar as embalagens plásticas e ser um consumidor consciente são atitudes bastantes difundidas.Além dessas atitudes cidadãs, não é o suficiente, devemos cobrar dos governos e das empresas, políticas empresariais, afirma o coordenador Born.
Proteger a biodiversidade do planeta é proteger a vida. Dizem que somos os parceiros de Deus na gestão de tudo o que é vivo. Somos, portanto, co-responsáveis pela vida.Extraído da revista Família Cristã Ano76-nº887-janeiro de 2010, escrito por Juliana Borga

Um desejo sincero…

Que o Senhor Nosso Deus de imensa bondade os envolvam com o Manto Sagrado fazendo cair sobre todos saúde, união, fraternidade, paciência, esperança, simplicidade, paz de espírito, humor, gratidão e muitos corações apaixonados pela mãe Natureza…

ano novo-13081

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.